quinta-feira, novembro 02, 2006

Desenho Técnico

Representação gráfica rigorosa, baseando-se num conjunto de regras e normas, que tem como principal objectivo facilitar a leitura dos desenhos (elo de ligação entre o desenhador ou projectista e a pessoa ou pessoas que vão realizar o projecto).
Surge da necessidade de representar com rigor o espaço e os objectos. Para a execução do desenho existe uma grande variedade de materiais e instrumentos, alguns dos quais já em desuso, mas que deves conhecer e saber utilizar adequadamente.
É uma linguagem universal de representação e comunicação que tem como principal objectivos elaborar, guardar, transmitir e receber ideias e conceitos.
  • Equipamentos de Desenho

    Meios Informáticos específicos á área;
    Estirador;
    Máquina de desenhar;
    Régua, Esquadro, Transferidor, Compasso
    Lápis, caneta, borracha, apara-lápis;

  • Normas do Desenho Técnico (NP ou ISO)

    Facilitar a leitura de desenhos e projectos por pessoas de nacionalidades diferentes;
    Simplificar processos de produção;
    Unificar as características dos aparelhos, máquinas, instrumentos e objectos em geral;

    · Papel (tipos, gramagem, formatos normalizados);
    · Tipos de Linha (tipo e espessura);
    · Legendas, Letras e Algarismos;
    · Escalas (natural (1/1), ampliação (2/1), redução (1/2))
    · Cotagem – informações escritas no desenho e representadas por linhas, setas, símbolos, valores (cotas);

  • Aplicações do Desenho Técnico

    Desenho Topográfico
    Desenho de Sondagens e Cartas, plantas ou cortes geológicos;
    Desenho Arqueológico
    Desenho de Electrotecnia, Mecânica, Civil, Arquitectura, etc.

Sem comentários: